Reflexões de fim de ano

Todos os ciclos têm um fim e é importante haver reflexões de fim de ano. Perceber o que fizemos bem e o que devemos melhorar.

Há um ano atrás não imaginava onde ia estar hoje. Era uma Universitária que trabalhava como promotora para conseguir pagar as contas mas cheia de sonhos para seguir.

Em Fevereiro de 2018 decidi juntamente com o meu namorado de iniciarmos o nosso projeto próprio com tudo aquilo que gostávamos de fazer.

E agora por onde começar? Pois esta foi a fase mais complicada perceber por onde começar, com quem falar e onde trabalhar. Sim, porque esqueçam a ideia que trabalhar em casa funciona. Na realidade só comia tudo o que tinha no armário e não tínhamos rotinas para nada.

Então desde aí passei a ter 3 ocupações a tempo inteiro, a faculdade, os trabalhos de promoção e o projeto que ansiávamos fazer crescer. Todos os dias pensava se realmente valia a pena começar esta caminhada que se mostrava tão difícil mas quando estamos realmente a fazer o que gostamos tudo vale a pena. Nitidamente não era pelos valores monetários porque pusemos enúmeras vezes dinheiro do nosso para pagar coisas da empresa… mas isto aconteceu porque ACREDITAMOS!

ACREDITAR, ACREDITAR, ACREDITAR, ACREDITAR, ACREDITAR, ACREDITAR, ACREDITAR é a isto que me agarro todos os dias para ter força para continuar.

Finalmente começaram a surgir os primeiros clientes e as minhas campanhas, ficamos tão nervosos e com medo de falhar que nem vos conto… Continuamos até hoje…

Agora, 30/12/2018 não me importo com o que os outros possam achar pois sinto-me tão feliz, sinto-me tão orgulhosa por todas as barreiras que passamos, tudo o que criamos e tudo o que crescemos!

Sou grata pelo escritório e as pessoas que fazem parte do nosso dia-a-dia, sou grata por todos os clientes que acreditaram em nós e assim de tudo sou grata pela pessoa que caminha ao meu lado.

Foi um ano de muitas aprendizagens mas a maior de todas é perceber que NUNCA VAMOS AGRADAR A TODAS AS PESSOAS! Por muito justos, bem-educados e todas as qualidades que possamos ter, haverá sempre alguém que não vai gostar de ti, do teu trabalho ou do teu brilho. Por isso, o mais importante é continuar a seguir os nossos planos e objetivos como realmente somos felizes.

Existe muitas pessoas que vão gostar, elogiar e inspirarem-se no meu trabalho e gosto sempre de me agarrar a isso e esquecer o resto porque é isso mesmo… resto.

Metas para 2019:

Continuar a ter força para lutar e continuar a fazer crescer o projeto.

Acabar os meus estudos, que por falta de tempo e dinheiro não foi possível este ano.

Mas acima de tudo… SER FELIZ!